null

Coaching & Arteterapia

A meta para qualquer objetivo real consiste em primeiro, conhecer a si mesmo. A Arteterapia aliada ao Coaching ajuda na expressão e reaprendizagem emocional e na organização e foco da mente para seus reais propósitos.

null

Arteterapia, a Criança Interior e o Eu Superior

Práticas de integração da criança interna, acolhimento e consciência de suas partes sombrias e luminosas e conexão com a sua sabedoria interna.

null

Arteterapia & Holocromos

A terapia dos Fractais ou Holocromos, é um sistema de leitura holográfica, baseado no conceito de avaliar a vibração energética do cliente. É um complemento excelente dentro da arteterapia.

Criança Interior – Resgate, acolhimento e integração.

Esse trabalho tem por objetivo trazer uma reaprendizagem emocional para a sua vida, ou seja, ajudar você a reaprender emocionalmente a lidar com o dia a dia, com os desejos, anseios, sonhos e frustrações, de forma saudável, mais madura e mais plena.

Como o nosso estado emocional, em sua maioria das vezes, ainda está estagnado em feridas infantis, muitas vezes não conseguimos lidar de maneira saudável e satisfatória com a vida adulta e todos os desafios que a cercam.  Esse trabalho visa um processo de resgate, acolhimento e integração da nossa criança interior, que muitas vezes está escondida, e que aparece de forma inconsciente, através de dores não explicáveis, boicotes na vida amorosa, familiar, profissional, financeira, entre muitas outras situações.

Esse processo de integração não acontece com um milagre, é um processo que vai acontecendo naturalmente, durante a terapia e na vida, e você mesmo vai sentir os seus efeitos, ao estar cada vez mais consciente de si e de tudo o que está dentro de seu ser. Essa é uma jornada que pode ser muito mais interessante e instigante de que qualquer outra, a jornada para dentro.

Mas o que é a criança interior?

É aquela nossa parte que em seu lado luz nos traz leveza, abertura, encantamento para com o novo, alegria, prazer, vivacidade, energia, criatividade e todas as características de êxtase e receptividade que uma criança carrega em si ao estar em um ambiente seguro e amoroso.

É também em seu lado sombra aquela nossa parte em que o estado emocional ficou estagnado, que não cresceu, que reivindica um amor egoísta, infantil, exclusivo que naquele contexto fazia sentido, pois a criança até uma certa idade é totalmente dependente dos pais para ser cuidada e se desenvolver. Ela está ligada a tudo que ficou reprimido e estagnado em nosso inconsciente e que muitas vezes nos boicota, através de atitudes como carência afetiva, falta de paciência, dificuldade de se relacionar de forma madura e saudável.

Nossa criança emocionalmente doente aparece na vida adulta em sua maior parte através de atitudes de defesa que são resultados das memórias de choque, rejeição, vergonha e abandono que sentiram no passado. Esse emocional da criança atua em nossa vida adulta enquanto não resgatado, integrado e acolhido, trazendo  situações de dor semelhantes as que foram experimentadas na infância e se repetem inconscientemente até serem reconhecidas e expostas à clareza da consciência para que  possam ser modificadas.

Caso o individuo não tenha consciência desse processo, as situações dolorosas da vida, acabam por virar um circulo vicioso, que se repete sem fim e vai aos poucos minando a sua confiança, trazendo uma corrente de frustração permanente que reafirma situações de rejeição, choque e abandono, criando mais camadas de defesa e consequentemente de desconexão de si e do mundo a sua volta.

O processo de resgate da criança, que proponho nessa terapia, acontece através de uma jornada de autoconhecimento que muitas vezes revisita a infância de maneira lúdica, suave, amorosa e muito acolhedora, com o intuito de resgatar o amor, a inocência, a confiança e tantas outras características que acabam ficando trancadas em um baú interno junto com os sentimentos que foram negados.

Não é um processo fácil, porém, ao meu ver, revisitar a si mesmo é a viagem mais profunda, misteriosa e bela possível, pois é através desse resgate que podemos olhar a fundo o mundo infinito e belo de possibilidades diversas que somos enquanto seres humanos. Seres vivenciando uma experiência junto a outros em uma rede que nos torna parte de um todo muito maior do que a nossa consciência individual pode explicar.

Integrando Luz e Sombra

Dessa maneira lúdica e sutil vamos trabalhando, para que ocorra uma integração das partes conscientes, com as partes inconscientes em negação.

Ao levar luz e clareza, para essas partes que estão à sombra e acolhê-las, elas naturalmente se integrarão e a cada dia, a cada passo, você irá sentir uma conexão cada vez maior consigo mesmo.

Naturalmente, esse processo fará com que você se torne cada vez mais pleno e consciente de si, se responsabilizando por sua vida como um todo, e se movendo com maior conexão através dela.

Todo esse processo requer uma disponibilidade de entrega, de paciência consigo, de abertura para olhar e encarar a si mesmo.

Conexão com o Eu Superior

O eu superior pode ser considerado, aquela parte que nos conecta com o que é divino, com a sabedoria interna, intuitiva de nosso ser que está sempre ali, mas que com tantos estímulos externos e com a perda da conexão com nosso estado de ser mais natural, foi sendo esquecido.

Pode ser também considerado, aquela parte da nossa mente que se conecta com a inteligência universal que movimenta o mundo, com a inteligencia que nos dirige, para além de nossa mente pensante, conforme a necessidade de nossos aprendizados.

A conexão com essa fonte, vem através de uma abertura para a entrega e confiança de que existe uma parte agindo em nosso ser que é muito maior que nossas crenças e pensamentos limitantes e que esta ligada com a consciência do processo de evolução da alma.

Para conectar com o eu superior, é necessário abrir mão do controle e ir além de nossas mentes pessoais, egocentricas, soltar crenças limitantes, expressar dores emocionais que estão reprimidas no sistema, expressar e fazer da dor, arte e aprendizado. Conectar com a fonte que nos liga para além das nossas defesas, relacionamentos víciosos e padrões emocionais destrutivos.

No Coaching com Arte, esse processo é realizado acessando a criança emocional, trazendo luz (consciência) e acolhimento para suas sombras (questões inconscientes mal resolvidas), expressando as questões através da arte e depois com a entrega e conexão do processo com o Eu Superior.

+ Criança Interior

Criança Interior – Resgate, acolhimento e integração.

Esse trabalho tem por objetivo trazer uma reaprendizagem emocional para a sua vida, ou seja, ajudar você a reaprender emocionalmente a lidar com o dia a dia, com os desejos, anseios, sonhos e frustrações, de forma saudável, mais madura e mais plena.

Como o nosso estado emocional, em sua maioria das vezes, ainda está estagnado em feridas infantis, muitas vezes não conseguimos lidar de maneira saudável e satisfatória com a vida adulta e todos os desafios que a cercam.  Esse trabalho visa um processo de resgate, acolhimento e integração da nossa criança interior, que muitas vezes está escondida, e que aparece de forma inconsciente, através de dores não explicáveis, boicotes na vida amorosa, familiar, profissional, financeira, entre muitas outras situações.

Esse processo de integração não acontece com um milagre, é um processo que vai acontecendo naturalmente, durante a terapia e na vida, e você mesmo vai sentir os seus efeitos, ao estar cada vez mais consciente de si e de tudo o que está dentro de seu ser. Essa é uma jornada que pode ser muito mais interessante e instigante de que qualquer outra, a jornada para dentro.

Mas o que é a criança interior?

É aquela nossa parte que em seu lado luz nos traz leveza, abertura, encantamento para com o novo, alegria, prazer, vivacidade, energia, criatividade e todas as características de êxtase e receptividade que uma criança carrega em si ao estar em um ambiente seguro e amoroso.

É também em seu lado sombra aquela nossa parte em que o estado emocional ficou estagnado, que não cresceu, que reivindica um amor egoísta, infantil, exclusivo que naquele contexto fazia sentido, pois a criança até uma certa idade é totalmente dependente dos pais para ser cuidada e se desenvolver. Ela está ligada a tudo que ficou reprimido e estagnado em nosso inconsciente e que muitas vezes nos boicota, através de atitudes como carência afetiva, falta de paciência, dificuldade de se relacionar de forma madura e saudável.

Nossa criança emocionalmente doente aparece na vida adulta em sua maior parte através de atitudes de defesa que são resultados das memórias de choque, rejeição, vergonha e abandono que sentiram no passado. Esse emocional da criança atua em nossa vida adulta enquanto não resgatado, integrado e acolhido, trazendo  situações de dor semelhantes as que foram experimentadas na infância e se repetem inconscientemente até serem reconhecidas e expostas à clareza da consciência para que  possam ser modificadas.

Caso o individuo não tenha consciência desse processo, as situações dolorosas da vida, acabam por virar um circulo vicioso, que se repete sem fim e vai aos poucos minando a sua confiança, trazendo uma corrente de frustração permanente que reafirma situações de rejeição, choque e abandono, criando mais camadas de defesa e consequentemente de desconexão de si e do mundo a sua volta.

O processo de resgate da criança, que proponho nessa terapia, acontece através de uma jornada de autoconhecimento que muitas vezes revisita a infância de maneira lúdica, suave, amorosa e muito acolhedora, com o intuito de resgatar o amor, a inocência, a confiança e tantas outras características que acabam ficando trancadas em um baú interno junto com os sentimentos que foram negados.

Não é um processo fácil, porém, ao meu ver, revisitar a si mesmo é a viagem mais profunda, misteriosa e bela possível, pois é através desse resgate que podemos olhar a fundo o mundo infinito e belo de possibilidades diversas que somos enquanto seres humanos. Seres vivenciando uma experiência junto a outros em uma rede que nos torna parte de um todo muito maior do que a nossa consciência individual pode explicar.

+ Integrando Luz e Sombra

Integrando Luz e Sombra

Dessa maneira lúdica e sutil vamos trabalhando, para que ocorra uma integração das partes conscientes, com as partes inconscientes em negação.

Ao levar luz e clareza, para essas partes que estão à sombra e acolhê-las, elas naturalmente se integrarão e a cada dia, a cada passo, você irá sentir uma conexão cada vez maior consigo mesmo.

Naturalmente, esse processo fará com que você se torne cada vez mais pleno e consciente de si, se responsabilizando por sua vida como um todo, e se movendo com maior conexão através dela.

Todo esse processo requer uma disponibilidade de entrega, de paciência consigo, de abertura para olhar e encarar a si mesmo.

+ Conexão com o Eu Superior

Conexão com o Eu Superior

O eu superior pode ser considerado, aquela parte que nos conecta com o que é divino, com a sabedoria interna, intuitiva de nosso ser que está sempre ali, mas que com tantos estímulos externos e com a perda da conexão com nosso estado de ser mais natural, foi sendo esquecido.

Pode ser também considerado, aquela parte da nossa mente que se conecta com a inteligência universal que movimenta o mundo, com a inteligencia que nos dirige, para além de nossa mente pensante, conforme a necessidade de nossos aprendizados.

A conexão com essa fonte, vem através de uma abertura para a entrega e confiança de que existe uma parte agindo em nosso ser que é muito maior que nossas crenças e pensamentos limitantes e que esta ligada com a consciência do processo de evolução da alma.

Para conectar com o eu superior, é necessário abrir mão do controle e ir além de nossas mentes pessoais, egocentricas, soltar crenças limitantes, expressar dores emocionais que estão reprimidas no sistema, expressar e fazer da dor, arte e aprendizado. Conectar com a fonte que nos liga para além das nossas defesas, relacionamentos víciosos e padrões emocionais destrutivos.

No Coaching com Arte, esse processo é realizado acessando a criança emocional, trazendo luz (consciência) e acolhimento para suas sombras (questões inconscientes mal resolvidas), expressando as questões através da arte e depois com a entrega e conexão do processo com o Eu Superior.

null

Fábia Esper

Desenvolveu o trabalho Coaching com Arte, com o intuito de facilitar a pessoa, a se conectar com a sua própria essência e com a sua própria luz.

Terapia e Coaching

Atualmente, utiliza técnicas da terapia transpessoal, arteterapia, coaching, reiki, meditações guiadas, meditações ativas, além de trabalhos com ênfase na expressão emocional.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.